BALLET CONTEMPORÂNEO E ROCK, JUNTOS?

Salve Salve nação humana do roquenroll, tudo bom com vocês??! Hoje trago essa pergunta ai pra ficar na curiosidade de saber o que vem pela frente (risos).  Já se perguntaram se ficaria uma boa combinação? Pensem na música bem metal que vocês gostam, e coloque ai algumas bailarinas. Combinou?  Bom, fique calmo se sua combinação não deu certo, porque vou te mostrar uma que teve essa inspiração e que deu, deu muito certo! Com vocês, Depois Da tempestade.

Não esqueçam de seguir a gente nas nossas redes sociais também.

      

O primeiro single de “Multiverso“, disco de estreia da Depois da Tempestade”, também é o primeiro a ganhar clipe. A canção “Juno” inaugurou uma nova fase para a banda santista, representando a maturidade ao lançar o primeiro álbum, e agora, com o clipe, mostra que não há limites para as surpresas reservadas pela banda. Unindo o ballet contemporâneo e o rock alternativo, o vídeo torna palpável a ideia de contraste buscada pelos músicos na concepção do projeto.

Desde o começo sentíamos que Juno soava de uma forma mais ‘moderna’ do que os demais sons. Quisemos explorar isso lançando a canção como primeiro single. Queríamos causar estranheza e curiosidade nas pessoas que ouvissem. Creio que a gente conseguiu o que estava procurando“, analisa Victor Birkett, vocalista da Depois da Tempestade.

O vídeo, dirigido por Lucas Veiga, contou com a participação do grupo de dança Herah, que utilizou durante a gravação o espaço do Cais (Centro de Atividades Integradas de Santos), anexo à Arena Santos e pertencente à Prefeitura. A coreografia apresentada no clipe foi criada por Sérgio Biller e conta com as bailarinas Renata Queiroga, Karina Gabão e Daniela López.

A ideia do clipe surgiu por meio da influência de vídeos como “Brianstorm“, de Arctic Monkeys, e “I Don’t Know What To Do With Myself“, dos White Stripes, que misturam a dança com o rock, tido como um som de rebeldia. Por dispensar o uso das sapatilhas de ponta, a dança contemporânea se relaciona com a noção de desobediência na música, proporcionando ao bailarino movimentos mais livres, com uma expressão corporal mais desafiadora.

“Juno” é um dos single do disco “Multiverso”, lançado este ano pela banda. O álbum tem produção assinada por André Freitas (Charlie Brown Jr., Bula, Urbana Legion, A Banca). A Depois da Tempestade é Victor Birkett (voz), Rafael Gonçalves (guitarra), Dennys Andrade (guitarra), Diego Andrade (baixo), Maru Mowhawk (teclado) e Bruno Andrade (bateria).

Confiram essa grande mistura e se surpreendam.

Site oficial  (download do disco disponível) Facebook  Bandcamp  Loja virtual Instagram Twitter 

 Espero que vocês desfrutem dessa indicação de hoje!

É  isso ai, recado dado!!!

Semana que vem tem mais!!

Tem sugestão pra gente de bandas? Artistas? Mandem um e-mail pra gente!!

Um beijo

Vivência Underground

Dannie Caetano, Colunista e Fundadora do Blog Reticências Music.
Share Button