LANÇAMENTO DO EP DA BANDA ORGÂNICO

Aqui estou mais um dia, sobre o olhar sanguinário do vigia! Eu voltei, estou aqui!

Fala galerinha, tudo bem com vocês? Demorei mais aqui estou! Não se preocupem!!

No dia 20 de maio (sim já se passaram duas semanas) rolou um lançamento super bacana no estúdio mais underground de SP, claro que estou falando do Rock Together. (risos)  

Uma banda que já falei dela por aqui, lançou seu mais novo Ep e convidou algumas bandas para participarem desse evento! Foi show!! É incrível ver que a cena independente tem uma força inexplicável uma união única entre si.

Banda Orgânico convidou para esse evento FólioMask Down e Obstinée para esse dia inolvidável e não era só isso, rolou um lanche vegano pelo queridíssimo Ricardo “Príncipe do Vegano” e música de qualidade, não faltou!

Evento deu se inicio com a banda Obstinée, formada por Mariana Watanabe, Robson Assis, Glauber Alves, Israel Nery e Victor Medeiros. Obstinée é uma banda paulistana, de hardcore melódico, que fala das durezas da vida cotidiana e de como resistir em meio a tudo isso. (Eu perdi o show porque me atrasei mais segue o nome das músicas tocadas por eles)

 

  • Pele e Osso
  • Eu não vou desistir
  • Os dias que eu vivo
  • Reviver
  • Infinito
  • Sobre o tempo

Não vou ser tão malvada, deixarei os links deles aqui e vocês assim como eu, poderão conferir o som e acompanhar a banda em sua agenda rock and roll. Mais a noite só estava começando… Um bom papo, um ambiente agradável era o que estava acontecendo e a Banda Fólio chegou com tudo!

Banda Fólio é formada por Danny Dantas, João Lucas, Rafael Alves e Ney Costa. Eles tem como influências musicais, Foo Fighters, Polar Bear Club, Garage Fuzz, Dead Fish, Hot Water Music, Queens Of The Stone Age… Claramente se nota que realmente eles se deixam influenciar por essas bandas, é notório em sua apresentação. Set do show foi o seguinte:

  

Essa foi uma noite muito especial para todos que estavam prestigiando a Orgânico. Rodeados de amigos e familiares a próxima banda a se apresentar foi, Mask Down, formada por:

André Abreu – bateria e voz, Caio Lencioni – baixo e voz, Evanil Lima – guitarra  e Matheus Bianco – guitarra.

Os meninos já foram mais ousados, em seu set  convidaram o Aron, vocalista da Orgânico para uma participação especial e a galera foi a loucura! Essas foram as musicas:

   

A noite estava chegando ao seu fim, e finalmente eles, que estavam tão nervosos e ansiosos por esse momento, davam vida finalmente ao seu EP.

Orgânico é uma banda de Hardcore melódico/emocore de São Paulo, com influências de hot water music  , hateen  , zander  e noção de nada .

A banda é composta atualmente por Aron Santana  (vocal/guitarra) Higor Alves  (guitarra), Gabriel Sano  (Baixo) e Alexandre Pacheco  (bateria).

 

A vibe da galera para a apresentação dos meninos estava demais, o show então, dispensa qualquer tipo de comentários! Da para perceber com essa foto o animo da galera, da não? Pula alto o garoto.

O set dos meninos para esse show foi um pouco de cada (risos) um pouco do antigo EP (Por Todos Nós) e TODO o EP novo (Recomeçar).

              

Foi uma noite especial para todos, e claro que não ia passar em branco! Convidei a algumas pessoas a deixarem uma pequena homenagem pra banda e por esse momento que eles passaram. Sabemos que hoje no Brasil a cena independente não é valorizada como todos nos gostaríamos, apesar disso, lançaram seu EP, seu merch e convidaram bandas de amigos para tocar nesse dia! É isso ai Orgânico! Parabéns.

 

Mark Down

O evento no rock together mostra que as bandas conseguem fazer um role independente bem interessante. De certo modo nós dependemos do público e quando as bandas conseguem chamar amigos, parentes que prestigiam todas as bandas, aí que o role acontece mesmo. O ruim é que algumas bandas querem tocar e vazar, ou simplesmente quer que todos assistam ao show da própria banda, mas não estão se importando para os outros

que irão tocar depois. Falta um pouco de empatia às vezes. Mais a gente sobrevive. Sobre a cena independente, é bacana ver que as bandas estão investindo no som, gravando com uma qualidade. É interessante ver também que não é apenas o HC que continua forte na cena, as bandas estão misturando os gêneros e isso achamos bem legal, já que gostamos de bandas como Forfun, Sublime. (façam mais reggae e ska, por favor).

E para o amigos da Orgânico, agradecemos os convites para tocarmos juntos. Está sendo bem legal os shows da tour que estamos fazendo. A energia do show deles é bem contagiante. Escutem o novo Ep deles!

E fiquem ligados na página da Mask Down para não perderem o lançamento do nosso Ep!” (risos)

Fólio

“Para nós da Fólio foi uma honra participar do lançamento do segundo EP da Orgânico. Os muqueles estão mandando muito bem, mesmo com a mudança quase completa na formação vemos que o som está muito homogêneo e vibrante. Foi uma experiência maravilhosa pra gente tocar no mesmo local que diversas bandas que amamos já pisaram.”

Nathaline Aguillera

Na ordem, foram quatro bandas: Obstinée, Fólio, Mask Down e Orgânico.

Obstinée e Fólio dando aquela abertura digna do rock, duas bandas de presença sem igual. Dando toque ao talento dos caras em cada instrumento, as minas no vocal mostraram que a cena atual (ao menos de SP) vai ficar cada vez melhor, que vozes!

Mask Down foi um misto de presença, voz, letras marcantes e um instrumental que, mesmo com o estúdio lotado e geral empolgado pulando, fez a maioria parar e entender do que se trata o som deles e sentir a tão preciosa “vibe”.

Orgânico chegou com sua formação mais recente e madura, Aron na voz sempre priorizando passar o sentimento, claro que, junto com os gritos que não podem faltar no hardcore melódico. O baixo e a batera em perfeita sintonia, os amigos e fãs da banda ocupando outro microfone pra cantar junto e a guitarra, a certa altura do show, com uma corda estourada. Foi literalmente um show!

Sobre “Desconhecido em meu espelho” não dá pra citar nada além de que: O estúdio cantou, e quem não estava perdido em seu próprio espelho, ainda assim entendeu a letra, a melodia e concordou que as vezes, como a música diz, o silêncio ecoa. Mas nada melhor que cobrir ele com boa música e uns amigos pulando em volta.

No lugar de todos os gritos, pulos e solos bem desenvolvidos e detalhados, de repente surge da voz do Aron “Julho nunca foi tão frio”, música escrita pelo guitarrista, Higor, na minha humilde opinião, a mais melódica do EP. Só vi gente parando e cantando aquilo, ou ouvindo pela primeira vez e sentindo a música em sua forma mais orgânica possível, foi de arrepiar.

No geral, o rolê foi não só um lançamento de EP foi um encontro de amigos, e rock + amigos nunca foi algo que vá ser esquecido. Foi orgânico, real e transcendental.

Mais eles não pararam por ai não, conferem a agenda dos meninos e vão prestigiar!

03.06 – Sabado In rock no Deco rock Bar

10.06 – Kombi Tour em Bauru

11.06 – Kombi Tour at Jau

16.06 – Desembarque Hardcore – Orgânico / Inner / Afoite / Vermenoise

02.07 – Sugar Kane 20 anos em São Caetano do Sul @Lado B

14.07 – Rock Together Studio (Com Adrift)

15.07 – Club da Bebida (com Adrift)

15.07 – Amor Amor Pub (com Adrift)

16.07 – Santo Andre 18.08 – São Gonçalo (RJ)

19.08 – Macaé (RJ)

20.08 – Cabo Frio (RJ)

 

É isso ai, recado dado, missão cumprida! Mais uma vez, parabéns a todos envolvidos!

Semana que vem tem mais!!

Tem sugestão pra gente de bandas? Artistas? Mandem um e-mail pra gente!!

Um beijo

Vivência Underground

Segue a gente nas nossas redes sociais!

 /    /   

Dannie Caetano, Colunista e Fundadora do Blog Reticências Music.

 

Share Button

3 thoughts on “LANÇAMENTO DO EP DA BANDA ORGÂNICO”

  1. É muito gratificante saber que há musica; tocadas e trocadas entre essas bandas,nos faz viajar e perceber que sempre vale a pena parar e reparar cada acorde cada letra.Parabéns pela matéria e parabéns as bandas,sei que a correria sempre vale a pena se a vontade não é pequena.

Os comentários estão encerrados.